O Beijo do Sol

O Beijo do Sol

Você entende o que eu não falo
Chega antes do que vou dizer
E sabe tão bem quem eu sou

Você escuta enquanto calo
Decifra sonhos que nem cheguei a ter
E é fácil pra mim estar com você

Parece que o tempo para
Enquanto paro pra olhar você
E é bem assim que eu quero viver

Você é cor, é céu, é sal
O beijo do Sol no amanhecer
Descobri o vício no amor
O prazer e o dom de viver

Você é calma no centro do caos
É poesia que não dá pra ler
No silêncio, escuto sua voz
Iluminando meu anoitecer

Você me prende e eu me encaixo
E desenlaço o medo de perder
No jogo de amar, amar sem sofrer

Você descansa em meu abraço
E a gente fica meio sem porquê
Tentando moldar no ar os sons pra dizer

Parece que o tempo para
Enquanto paro pra olhar você
E é bem assim que eu quero viver

Você é cor, é céu, é sal
O beijo do Sol no amanhecer
Descobri o vício no amor
O prazer e o dom de viver

Você é calma no centro do caos
É poesia que não dá pra ler
No silêncio, escuto sua voz
Iluminando meu anoitecer

Deixe uma resposta